+

20/03/2014

Marcopolo exporta mais 32 ônibus para os Emirados Árabes Unidos


Marcopolo exporta mais 32 ônibus para os Emirados Árabes Unidos

A encarroçadora brasileira de ônibus Marcopolo anunciou nesta segunda-feira, dia 17 de março de 2014, que vai exportar mais 32 ônibus para os Emirados Árabes Unidos. A encomenda deve ser entregue até outubro, segundo a fabricante. Os veículos são do modelo Marcopolo Paradiso 1200, da Geração Sete, encarroçados sobre chassi Scania K410 – 4X2 (dois eixos). As unidades serão usadas pela empresa AVIS para fretamento. A companhia vai fazer com os veículos o transporte de trabalhadores da GASCO – Abu Dhabi Gas Industries Ltd. A configuração dos ônibus rodoviários é para capacidade de 44 passageiros. Os veículos vão trafegar em áreas muito quentes e com concentração de poeira em alguns trechos. Por isso, o ar-condicionado é especial, há vidros colados duplos e isolamento especial da carroceria para altas temperaturas, além de acústica aperfeiçoada. Os ônibus também possuem monitores e vídeo para oferecer conforto e segurança. Já é o terceiro lote de veículos fabricados na unidade Ana Rech, em Caxias do Sul, para a AVIS, segundo o diretor de operações da Marcopolo, Paulo Corso, em nota à imprensa. “Estamos conseguindo ser competitivos e ampliando nossas exportações para mercados tradicionalmente compradores, mas que haviam diminuído suas demandas. Com mais essas unidades, totalizamos 79 ônibus fornecidos para o cliente AVIS”, salienta o executivo em nota à imprensa. Segundo a nota, a GASCO é uma das empresas dos setores de gás e petróleo mais relevantes do mundo. “A Abu Dhabi Gas Industries Ltd. (GASCO) foi criada em 1978, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, fruto da visão do falecido Sheik Zayed bin Sultan Al Nayhan que acreditava na utilização das grandes reservas de gás natural na região. É uma joint venture entre a Abu Dhabi Companhia Nacional de Petróleo (ADNOC), Shell, Total e Partex, uma mais inovadoras do setor de gás e hidrocarbonetos do mundo e realiza o processamento de gás em terra e o seu transporte”.

  Fonte e Imagem: Blog Ponto de Ônibus