+

27/07/2017

Ônibus da Mercedes-Benz para Grupo JCA têm controles eletrônicos de freios, suspensão e estabilidade


Ônibus da Mercedes-Benz para Grupo JCA têm controles eletrônicos de freios, suspensão e estabilidade

A Mercedes-Benz divulgou em primeira mão ao Diário do Transporte no dia 24 de julho de 2017, que os 54 ônibus comercializados pela montadora alemã instalada em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, para Viação Cometa, do Grupo JCA, têm controles eletrônicos de várias funções, aumentando assim, a segurança e o conforto, de acordo com a fabricante. “Entre os destaques dos novos ônibus da Viação Cometa estão os recursos tecnológicos do conjunto de controle de estabilidade – Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP), Sistema Eletrônico de Freios (EBS) a disco, Suspensão Pneumática Controlada Eletronicamente (ECAS), trazendo mais segurança para os motoristas e passageiros nas viagens.” – diz nota da montadora. Segundo noticiou também em primeira mão o Diário do Transporte , o grupo comprou para renovação neste ano 254 ônibus que serão destinados às empresas: Auto Viação 1001, Auto Viação Catarinense, Viação Cometa e Expresso do Sul. Os modelos de chassis vendidos para a Cometa são O 500 RSD 6×2 (três eixos) e RS 4X2 (dois eixos), indicados para médias e longas distâncias. A empresa de transportes atua em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. As primeiras unidades devem entrar em operação a partir de setembro. Em nota, diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Walter Barbosa, diz que quase toda a frota da Cometa é composta pela marca, que também vendeu veículos urbanos para a Viação 1001, outra companhia do Grupo JCA. “A Mercedes-Benz tem 95% de participação na frota da Viação Cometa, composta por 650 ônibus … Temos uma forte relação com o Grupo JCA, detentora também da Empresa 1001, que comprou 17 ônibus urbanos do modelo OF 1721 L (motor dianteiro com suspensão pneumática) neste ano.” Os ônibus rodoviários vendidos para Cometa também possuem rodas de alumínio e a caixa automatizada Mercedes PowerShift GO-240 de 8 marchas com retarder acoplado, garantindo “mais economia de combustível e redução no custo operacional do cliente”, ainda de acordo com a fabricante. No segmento de ônibus rodoviários, a Mercedes-Benz liderou o mercado entre janeiro e junho, com 42% de participação. As vendas foram de 277 unidades. Considerando os diferentes segmentos de ônibus, a participação da marca foi de quase 50% de entre janeiro e junho, com 2.268 unidades emplacadas.   Fonte: Diário do Transporte   Imagem: Divulgação